Outras Especialidades

Escolha um tratamento

FISIOTERAPIA

A Fisioterapia é a ciência que estuda e que procura diagnosticar, prevenir, tratar e reabilitar disfunções e lesões do movimento humano, utilizando técnicas terapêuticas para promover a saúde e o bem-estar dos pacientes.

O principal objetivo é preservar, manter, desenvolver ou restaurar (reabilitação) a integridade de órgãos, sistemas ou funções.

O tratamento de fisioterapia deve ser individualizado e focado na melhoria dos quadros funcionais e dolorosos do paciente, o que traz como consequência o aumento da qualidade de vida do indivíduo.

Fisioterapia: a chave para recuperar a mobilidade, aliviar a dor e melhorar a qualidade de vida.

O fisioterapeuta considera o corpo como um todo em vez de se focar apenas nos aspetos individuais da lesão.

Deste modo, o fisioterapeuta inicialmente realiza um exame objetivo e subjetivo para conseguir diagnosticar e, de seguida, realizar um plano de tratamento ajustado às necessidades do indivíduo.

O tipo de tratamento varia de acordo com a condição do paciente e a lesão a ser tratada, podendo ser:
-Educação e aconselhamento
-Plano de exercícios terapêuticos personalizados e aconselhamento de atividade física
-Terapia manual
-Eletroterapia
-Técnicas minimamente invasivas ecoguiadas

Os tratamentos podem ser realizados na presença do fisioterapeuta ou então sob a sua orientação, em casa.

O fisioterapeuta reavalia o paciente regularmente para avaliar o quadro geral de saúde e ajustar o tratamento. A duração varia consoante a necessidade podendo ser entre 45 minutos a 1 hora.

PSICOLOGIA

A Psicoterapia é um tratamento psicológico que visa ajudar as pessoas a compreenderem e a lidarem com os seus problemas emocionais, comportamentais ou mentais. É realizada por um
profissional de saúde mental, como um psicólogo ou psiquiatra, e pode envolver conversas, técnicas e estratégias para promover o bem-estar e a saúde mental do indivíduo

Existem diferentes formatos de terapia: PSICOTERAPIA INDIVIDUAL, DE GRUPO, DE CASAL OU FAMILIAR.

Esta consulta destina-se a indivíduos de todas as faixas etárias, bem como a pessoas com diversas patologias, num contexto clinico ou educacional.

Deste modo, a consulta de Psicologia envolve:

Psicologia Clínica e da Saúde
– Avaliação psicológica
– Planeamento, monitorização e avaliação da intervenção
– Consulta/ intervenção psicológica
– Conceptualização de caso
Ex: Crises de ansiedade, Ataque de Pânico, Depressões, Anorexia, Bulimia, Luto, entre outras.

Psicologia da Educação
– Avaliação psicológica em contexto educativo
– Conceção, implementação e avaliação de intervenções psicoeducativas;
– Orientação vocacional
– Inclusão e Necessidades Educativas Especiais
– Consultoria em contexto educativo
– Aconselhamento e intervenção psicoeducacional
Ex: Dificuldades de aprendizagem, Dislexia, Défice de atenção, Hiperatividade, Decisões pós 9º e 12º anos, entre outras.

Existem diferentes abordagens psicoterapêuticas:
-Psicoterapia Cognitivo-Comportamental
– Psicanálise
– Psicoterapia Humanista
– Psicoterapia Sistémica
– Psicoterapia Psicodinâmica

Não é necessário existir um diagnóstico ou um “problema” para beneficiar de um processo de psicoterapia.
A psicoterapia pode trazer-nos um conhecimento mais aprofundado de nós próprios (da forma como pensamos, sentimos e nos comportamos), pode ajudar-nos a lidar com acontecimentos de vida, a melhorar a nossa relação com os outros e a desenvolver um conjunto de competências e recursos que nos podem ajudar a lidar com as adversidades e acontecimentos de vida, por exemplo.

– Ansiedade, preocupação e medo
– Sentimento de tristeza duradouro
– Baixa autoestima
– Dificuldade de concentração
– Falta de prazer nas atividades de lazer
– Facilidade em irritar-se
– Falta de motivação
– Alterações nos padrões de sono e alimentação
– Isolamento social
– Consumo excessivo de álcool e drogas

GERONTOLOGIA

A gerontologia é o estudo do processo de envelhecimento, incluindo as mudanças biopsicossociais. O objetivo é desenvolver estratégias e programas para melhorar o bem-estar dos idosos, tendo em conta fatores não só físicos, mas também psíquicos, sociais e até mesmo espirituais.

O gerontólogo James Birren definiu 3 categorias de envelhecimento:
-Envelhecimento primário
Entendido como a deterioração natural do corpo humano ao longo da vida.

– Envelhecimento secundário
Refere-se às doenças que aceleram o processo de envelhecimento e deterioração física.

-Envelhecimento terciário
Caraterizado por um aumento súbito da deterioração mental e física no fim da vida de um
indivíduo.

O objetivo é essencialmente promover a saúde, a qualidade de vida e o bem-estar para a população geral no seu processo de envelhecimento. Valorizando uma visão multidimensional que considera vários fatores para além dos físicos.

A geriatria é o estudo da saúde e da doença na idade avançada e debruça-se sobre os cuidados de saúde abrangentes das pessoas idosas e o bem-estar dos prestadores de cuidados informais.
A gerontologia desempenha uma função de apoio na educação e compreensão do envelhecimento, enquanto a geriatria lida com os cuidados diretos aos idosos.

Trabalhar com idosos
Os gerontólogos podem trabalhar com os idosos para estudar os seus comportamentos e avaliar os seus sinais de envelhecimento. Podem realizar testes de diagnóstico em adultos mais velhos para avaliar a sua saúde, como testes de atividade física ou exames mentais.

Prestação de cuidados às pessoas mais velhas
Os gerontólogos podem trabalhar num centro hospitalar ou lar de idosos para cuidar de pacientes idosos e garantir que as suas necessidades em termos de cuidados de saúde são satisfeitas.

Colaborar com outros profissionais de cuidados de saúde
Colaboram com profissionais de saúde para diagnosticar patologias ou definir planos de tratamento.

Reunir-se com prestadores de cuidados de saúde
Os gerontólogos aconselham e orientam os prestadores de cuidados de saúde para melhores práticas no cuidar.

Melhorar as políticas sociais
Estes profissionais trabalham para melhorar as políticas sociais para ajudar as pessoas idosas a receberem os devidos benefícios de seguros e recursos de saúde.

A gerontologia consegue atuar em várias vertentes:

Na prevenção
Pode indicar intervenções que lidem com os problemas mais comuns que afetam os idosos e orienta a criação de condições adequadas para um envelhecimento com qualidade.

No meio ambiente
Pode orientar a criação de condições ambientais para uma vida com qualidade na velhice, tendo em consideração os mais variados espaços por onde circulam ou vivem as pessoas idosas.

Na reabilitação
Pode indicar intervenções adequadas quando ocorrerem perdas que são reversíveis. Criando orientações para o desenvolvimento de condições individuais e ambientais para uma vida digna para os idosos.

Nos cuidados paliativos
Pode propor intervenções médicas, sociais ou outras.

CONTACTE-NOS.

O nosso principal objetivo é proporcionar a melhor experiência conciliada com rigor, detalhe e profissionalismo num ambiente familiar e tranquilo.

× Como podemos ajudar?